Busca no Início de Carreira

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Tabela de Salários - Analista Tributário Receita Federal 2008

Com a recente publicação da Medida Provisória 440/2008 (MPV440), ficaram reajustadas a remuneração de servidores públicos de diversos cargos e carreiras.

Atendendo a pedidos de alguns leitores, resolvemos publicar as novas remunerações para diversos cargos.

Na tabela abaixo se encontram os novos valores da remuneração bruta para o cargo de Analista Tributário da Receita Federal do Brasil, da Carreira de Auditoria da Receita Federal e de Auditoria Fiscal do Trabalho.

Vale ressaltar que a remuneração desses cargos é por subsídio, ou seja, não incidem quaisquer outros adicionais ou vantagens sobre o valor dos subsídios mencionados na tabela. O salário inicial de carreira para quem começar agora será de R$7.095,53 e o final será de R$11.595,00, muito bons salários...

Boa sorte sempre!

CARREIRA DE AUDITORIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL E CARREIRA DE
AUDITORIA-FISCAL DO TRABALHO VALOR DO SUBSÍDIO

b) Tabela II: Cargos de Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil

Em R$

CLASSE

PADRÃO

VALOR DO SUBSÍDIO

EFEITOS FINANCEIROS A PARTIR DE

1o JUL 2008

1o JUL 2009

1o JUL 2010

ESPECIAL

IV

9.456,00

10.608,00

11.595,00

III

9.270,59

10.349,27

11.181,37

II

9.088,81

10.096,85

10.962,13

I

8.910,60

9.850,58

10.747,19

B

IV

8.567,88

9.471,71

10.333,83

III

8.399,89

9.240,70

9.936,38

II

8.235,18

9.015,31

9.554,21

I

8.073,71

8.795,43

9.186,74

A

V

7.838,55

8.457,14

8.833,40

IV

7.684,86

8.250,87

8.660,20

III

7.534,17

8.049,63

8.490,39

II

7.386,44

7.853,30

8.323,91

I

7.095,53

7.624,56

7.996,07

19 comentários:

Anônimo disse...

obrigado pela contribuição.

Anônimo disse...

Gostaria de saber quanto tempo vc passa em cada padrão, dentro de uma classe?

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Concordo com o Anonimo.. nós que pagamos impostos ect.. temos que suportar essa situação... é a pura verdade...vale investigação!!!!!! já

Anônimo disse...

Aos que são contra esse valor de salário.. É so estudar, ter competencia para passar no concurso publico que terão direito aos mesmo salários. So incompetentes e invejosos criticam os salarios dados fucionários da Receita Federal... ESTUDEM!!!!

Charlie Brown disse...

Caros colegas,
Fui aprovado neste último concurso de 2009-2010. Neste momento estou fazendo o curso de formação em Brasília. O que posso dizer como modesto depoimento é que o fator que leva a aprovação não é senão tempo de estudo e dedicação. Não interessa a sua formação, pois na minha turma há gente formada em medicina, marketing, veterinária, odontologia, academias militares, história e assim vai. O que todos eles têm em comum é que se dedicaram metodicamenta aos estudos. Isso quer dizer: não adianta vc acordar um dia entuasiasmado, ir a uma livraria, comprar 500 reais em livros e não passar do primeiro capítulo de algum deles. É preciso criar um método de estudo, respeitando a situação de cada um, como: tempo para estudar, preferência por aulas presenciais ou pela internet, se se sente melhor estudando em casa ou numa biblioteca. É preciso fazer uma programação levando todos esses fatores em conta. Não há fórmula pronta para estudar. Não dá pra dizer que a aprovação virá em 1, 2 ou 3 anos. Isso depende do grau de dedicação (e de disponibilidade) de cada um. Se vc não tem muito tempo pra estudar (como era o meu caso, pois sempre trabalhei fora, e só estudava a noite), faça uma planejamento realista, e não se frustre em não conseguir ter todo o tempo que gostaria para estudar. Mas não desista, pois cada um, no seu tempo, alcançará o grau de conhecimentos necessário. Como foi dito pelos colegas, a prova não é difícil em termos de complexidade. A dificuldade é vc estudar todo o extenso conteúdo, e isso leva um pouco de tempo. Não tem outro jeito, é preciso começar, que um dia vc passa com certeza. Eu passei 3 anos estudando, só que o primeiro eu nem conto, pois eu ia pro curso, mas não fazia os exercícios em casa, não me interessava em dar uma olhada na matéria antes da aula, etc. Naquela época achava que frequentar os melhores cursos e possuir os melhores livros me garantiriam a aprovação. Perda de tempo! Com os reprovações que tive, vi que era necessário mudar de postura. No 2o ano, quando já estava estudando certo, pensei: agora com certeza eu passo! Não passei em diversos concursos que fiz, pois embora já estivesse estudando da forma correta, não tinha tido tempo de ver todo o conteúdo. Por isso, no 3a ano, aproveitava todo o tempo que tinha pra estudar: finais de semana, feriado, folga no trabalho, ouvindo aulas em mp3 no onibus... Nesse mesmo ano veio a boa surpresa: a aprovaçao.
Bem, espero que este relato não tenha sido muito cansativo, e espero que tenha servido pelo menos como alguma orientação aqueles que estão começando.
Quanto aos cursos, seguem algumas dicas de cursos que, pra mim, são os melhores: Curso Gabarito e Curso Cefis, no RJ, e pra quem mora em outras cidades, tem excelentes video aulas no Canal dos Cocursos e Curso LFG, ambos pela internet. Pra aqueles que preferem apenas ler, tem também o Ponto dos Concursos, em que vc compra o módulo e vai recebendo os arquivos em PDF. Na minha opinião, as aulas presenciais, em salas de aula, são melhores, porque mesmo que um dia vc não esteja muito disposto a estudar (o que é perfeitamente normal e ocorre com frequencia), vc precisa ir pra aula, e isso vai te impulsionar um ritmo de estudos, vai te levar adiante.
Um grande abraço, e bom trabalho a todos!!

Anônimo disse...

Caros amigos,
gostaria de saber se alguém pode informar de quanto em quanto tempo se muda de classe e padrão? Um Abraço e bons estudos!

Anônimo disse...

Esse ai é só o salário OFICIAL!!
Te a parte NÃO OFICIAL também, ehehe

estudem, vale a pena

Anônimo disse...

Acho um absurdo o salário de um técnico da receita em relação ao do escriturario no banco do brasil.Ambas instituições são lucrativas e a dificuldade em passar é enorme. Poderia-se pagar menos e dar oportunidade a mais pessoas pois o atendimento é péssimo e falta pessoal. Um motorista de ônibus que roda mais de 5 horas nas estradas perigosas ganham em média 1.200,00. Acho sim que mereceriam um salário de pelo menos 5.000,00. O pessoal da receita , com algumas exceções, são autoritários e nem sempre passam por competência. As vezes tem-se que combinar sorte também .Já contatei vários que disseram que não estudaram nada e levaram um susto ao saberem do resultado. Qual é a diferença entre o Banco do Brasil e a receita? No banco o inicial é só de 1.300,00 aproximado. Pergunte-se- Com tanta injustiça e disparidade não bastariam uns 2.500,00?? Por que tal valorização diante de tanta injustiça pelo país. Prá trabalhar só 6 horas e atender mal? As vezes, sabem menos que os contadores. Na verdade, adoram falar não para o cliente. Quem frequenta a receita diariamente sabe disso. Não é só conhecimento, é sorte como na megasena. Acertou, tá lá dentro e outros com tanta habilidade, força de vontade, familia, não conseguem sequer pagar o inss pois não damos conta de pagar tel, luz, gaz, aluguel, farmacia, medito etc. etc.. etc..Só Deus sabe o que passa um trabalhador , mesmo competente, mas, sem a sorte que o moço acima revelou. Aproveitem a mamata pois só Deus fará a equiparação pois todos somos filhos dele. Aí dos menos inteligentes,dos que não podem pagar cursos, dos sem curso superior, dos pobres, dos oprimidos, dos endividados, só Deus para ter piedade diante de tamanha injustiça.Aguardemos a justiça divina.

Anônimo disse...

tô contigo no último comentário. Por que tão alto salário comparando com um trabalhador que faz mais de 10 horas, depende de cheche pros filhos, mora mal, não tem plano de saude e muito menos ticket refeição tão gorda quanto a de alguns por aí. Tão ganhando quase igual a um juiz numa cidade pequena. Senta o atendende numa cadeira, atende com senha de meia em meia hora e mal sabe dar a correta explicação pró cliente e de repente dá a hora de sair .Ora, pense no exemplo citado de um motorista, nestas estradas perigosas com 50 vidas em jogo, sentado o dia todo e sem mordomia, ganhando a tabela do sindicado 1.200,00 brutos. Tenha dó? A maioria tá sofrendo uma lasca e o pobre, além das dívidas, tem nome no spc, serasa e ai de ter uma firma paralisada, aí vai seu cpf com multas etc.etc..Tô de acordo com o moço acima. 2.500,00 tá bem pago e principalmente comparando, com tal salário, se vestem muito mal e pior que os funcionários de um banco. Se ganham isso aí acima, deveria ser exigido que atendessem ao público com vestimenta igual a de um motorista. Terno e gravata e manga comprida. Vemos na receita os atendentes de jeans e tênis. Cadê o salário?? Onde gastaram tamanha grana?? Tem muita gente competente por aí e que sequer ganham a metade. É o nosso imposto (do pobre também ) sendo jogado no ralo. Concordo, só Deus...

Anônimo disse...

Os comentários acima são típicos de pessoas frustradas...Ao invés de quererem q o salário dos motoristas aumente, querem que o dos outros diminua para ficarem todos ganhando pouco. Se querem ter esses salários, estudem. Sou médico, e na minha classe não vejo concursos com esses salários, porém quero que nossos salários aumentem, e não q o deles diminua...não é melhor assim? Temos que nos valorizar

Anônimo disse...

Com certeza, não é sorte e nem imcopetencia, meu pai trabalha lá, minha tia também. Estudavam oito horas por dia, se dedicaram mesmo, é apenas questão de objetivo, inteligência e esforço. Até minha cunhada, que se formou em direito, estudou oito horas por dia, e hoje é trabalha na promotoria. Justo é vc ter um objetivo e se esforçar por ele. Deus não dá vitŕoia prá quem reclama, e sim prá quem se esforça, então acho o salário justo sim. E família para sustentar todos temos, apenas queremos o melhor.Agora digo: o povo que vota não sabe votar, e o governo... sem comentários. Mas vale um conselho, para se ter um salário justo, tem que ser inteligente e esperto ao mesmo tempo.Não ficar perdendo tempo reclamando e desejando o mal dos outros que batalharam.

Anônimo disse...

Amigo, hoje o concurso de Analista-Tributário é um dos mais difíceis do Brasil, pode-se perceber pela prova discursiva do último concurso que foi bem mais complicada que a de auditor-fiscal. Por falar em dificuldade do concurso, nem no maior dos sonhos há que comparar um concurso de escriturário do bB, com nível rular, com um concurso de Analista-Tributário da RFB.Num concurso como este, jamais alguém estudando dois meses consegue passar, há estudantes do ITA, IME e outros dos mais diversos lugares. Há,também, que ressaltar o nível de complexidade das atividades da carreira,tanto nos tributos internos e na aduana. Portanto, quer ganhar mais? ESTUDE!

Anônimo disse...

Piada esse nível de salário e não me venham com essa conversinha que é coisa de invejoso. Além dos salários exorbitantes, ainda tem aposentadoria integral e estabilidade. Por isso o deficit absurdo nas Previdência, porque o Brasil é o único país no mundo que sustenta esses privilégios. Não é questão de estudar para ter os mesmos privilégios, é questão de protestar para acabar com essa distorção brasileira!

rocker disse...

É coisa de invejoso sim! Além de invejoso, desinformado e com pensamento mediocre. Onde já se viu um salário de R$8.000,00 inicial ser considerado exorbitante? E desde quando estabilidade e aposentadoria integral são privilégios? Servidor público é estável, mas também não possui FGTS, ou seja fica elas por elas e a aposentadoria integral n ão é dada de graça. O servidor paga por ela ao longo da sua carreira. O valor pago por um servidor todo mês de previdência é muito maior que o de um trabalhador da iniciativa privada. É só deixar a inveja e a mediocridade de lado e se informar.

DANNA disse...

Concordo com vc ai de cima, nossa, quanta gente medíocre que não sabe nem o que fala, assim é melhor nem falar...
Para chegar aonde queremos não tem segredo, é só estudar muuuito! Aos que ainda não conseguiram é só continuar tentando e estudando mas, é preciso organização, ter conhecimento e perseverança! Não adianta sair falando que é sorte não, quem sabe sabe, quem não sabe fica para trás. De fato existem salários injustos para algumas classes de trabalhadores, mas dizer que ganhar bem é injusto? Poxa, eles deram duro para chegar aonde estão, não estão errados não! Vivemos diariamente numa batalha onde os melhores saem na frente, se quiser uma vida mais confortável, ESTUDE e não deixe de buscar!!!!!

Anônimo disse...

Por que um motorista de ônibus ganha R$ 1.200,00 e um auditor fiscal têm salário inicial na faixa dos R$ 8.000,00? Vamos às contas:

Motorista de ônibus:
Jornada diária: 6h
Distância média diária: 450km
Escolaridade necessária: Ensino fundamental (basta saber ler assinar o nome, e ter carteira de habilitação D);
Receita provável gerada pelo serviço (considerando ônibus com 40 lugares e R$90,00 por passageiro, sempre lotado): R$ 3600,00
Receita mensal da empresa gerada pelo motorista (em 20 dias):R$ 72.000,00
Despesas mensais da empresa (salários, manutenção, combustível, administrativas, impostos etc): R$ 54.000,00 (em média 75% do faturamento de uma empresa é custos/despesas)
Margem de contribuição/lucro gerado pelo motorista por mês: R$ 18.000,00 (receitas – despesas/custos)
Equivalência do lucro gerado dividido pelo salário: (R$ 18.000,00 / R$ 1200,00) = 15 vezes o salário.

Auditor Tributário:
Jornada diária: 6h
Escolaridade necessária: Nível Superior e conhecimento avançado em legislação tributária e fiscal, contabilidade, dentre outras.
Arrecadação hipotética mensal recuperada (através de cobrança dos sonegadores de impostos, considerando somente 30 empresas por mês, com sonegação de R$ 100.000,00 cada): R$ 300.000,00 em impostos sonegados;
Equivalência da receita gerada dividido pelo salário: (R$ 300.000,00 / R$ 8000,00) = 37,5 vezes o salário.

A matemática é clara, a remuneração é diretamente proporcional a qualificação da mão-de-obra, a complexidade do serviço, e ao resultado financeiro gerado pelo empregado. Nos casos em questão, é notável que o auditor, mesmo com um salário maior, representa um retorno financeiro muito maior do que o motorista.

Vamos ver outro exemplo:

Lucro do Banco do Brasil em 2010: R$ 11.703.000.000,00
Quantidade de funcionários: 110.000,00
Valor mensal por funcionário: R$ 8.865,91
Salário Inicial: R$ 1.600,00
Equivalência da receita gerada dividido pelo salário: (R$ 8.865,91 / R$ 1600,00) = 5,54 vezes o salário.

Sou bancário, e ganho pouco, mas estou me qualificando para tentar uma promoção interna, ou outros empregos/concursos que paguem melhor e até tentarei testar minha veia empreendedora, montando uma empresa.

Você trabalha 10 horas por dia pra ganhar menos de R$ 1.000,00? Faça as contas acima, veja quanto você produz para sua empresa. Se o lucro gerado por você for muito maior do que o seu salário, segue as alternativas possíveis:
1. Se valorize e peça um aumento.
2. Não tem qualificação para isso? Se qualifique e repita o item “1”.
3. Não conseguiu aumento? Se qualifique e busque um emprego melhor, o até vire um empreendedor e monte sua empresa.
Agora se o lucro que você gera é próximo do seu salário, é melhor ficar quieto, e aplicar urgentemente o item 3 acima, pois a empresa para qual você trabalha irá quebrar a qualquer momento.

Estudante Bíblico Constitucional disse...

Estudando, conclui que ou todo o poder emana de Deus ou emana do povo, pois a Constituição foi promulgada sob a proteção de Deus e para que a proteção venha de Deus, todo o poder emana de Deus, mas a Constituição diz que todo o poder emana do povo.

Vamos Estudar disse...

Anonimo do BB - Passe na p.... de outro concurso que ganhe mais. E pare com esse papo furado de camarada frustrado. Só coversa fiada e pouco estudo. A regra do mundo dos concurso é muito clara. Se sabe onde ganha mais, é só estudar e passar.